Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

EU QUERIA


Eu queria

Eu queria que o vento me levasse
Na intimidade da tua imaginação
E em pensamento eu penetrasse
Bem no cantinho do teu coração

Ou então mudasse o meu pensamento
Arrancasse do meu peito essa paixão
Que de tanto amar-te é meu lamento
Nas minhas horas de saudade e solidão

Eu queria que a brisa suave do vento
Ou mesmo as fortes ondas do mar
Trouxessem-me você neste momento
E para sempre em meus braços ficar

Meu amanhecer amor, é sempre igual
Penso em você vendo o nascer do sol
Como eu queria que fosse tudo real
Quando te beijo abraçando meu lençol.

Maria José

Nenhum comentário: