Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sábado, 30 de junho de 2012

MEU QUERER

Meu corpo espera o seu
Já está pronto para te amar
Vem logo amor meu
Vem me fazer flutuar.


Penso em você agora
Vejo além do que posso ver
Meu olhar se perde, evapora
Não consigo te esquecer.


Você é o meu querer 
Na alegria e na dor
Quero estar com você
Para vivermos o amor.


Luz brilhante em meu caminho
Fonte corrente de inspiração
Anjo que chegou de mansinho
E se alojou no meu coração. 


Quero sussurrar em teu ouvido
Palavras de desejos maliciosos
Prometo carinhos bem merecidos.
Deixo-te em prazeres deliciosos.


Mary Jose



NAS ASAS DA IMAGINAÇÃO

No silêncio da noite 
ouvindo uma música romântica,
imaginariamente, por alguns instantes, 
segurei na tua mão. 
A Saudade era tanta!
Meio sem graça, 
te levei a um lugar de harmonia e paz, 
fazendo-te perceber 
à falta que você me faz.
O meu querer em te amar 
no silêncio daquele lugar
parecia uma realidade.
Entramos em sintonia, nos tocamos 
flutuando em desejos nos amamos... 
Momentos apenas imaginários.
Na ânsia te senti juntinho a mim.
Na distância vou te amando assim
Nas asas da imaginação. 


Mary Jose

VIAGEM DE AMOR

Convidei meus pensamentos 
Para uma viagem distante daqui.
Coloquei na bagagem a lembrança 
Da emoção sentida, 
Quando sua voz doce e querida 
Eu ouvi.
Quanta alegria eu senti!
E, desde aquele dia
Viajo por caminhos diversos
Escrevendo versos de amor.


Encontrei um lindo jardim. 
Fiquei encantada!
Lindas flores perfumadas, orvalhadas.
Em cada uma delas, eu te vejo,
Fecho os olhos, respiro, 
Sinto teu cheiro, te beijo,
Sonho com você.
Acordo e não o tenho...


Lembranças no meu coração
E na minha alma,
Movem-me, me levam,
Até você...
Em pensamentos...
De alegrias e saudades
De tristezas e sensualidades
Assim eu levo os meus dias
Só! Mas bem acompanhada
Do amor e das poesias
Que me enchem de prazer.


Mary Jose













EU QUERIA

Eu queria que o vento me levasse
Na intimidade de tua imaginação
E em pensamento eu penetrasse
Bem no cantinho do teu coração


Ou então mudar meu pensamento
E arrancar do meu peito essa paixão
Que de tanto amar-te é meu lamento
Nas minhas horas de saudade e solidão


Eu queria que a brisa suave do vento
Ou mesmo as fortes ondas do mar
Trouxessem-me você neste momento
E para sempre em meus braços ficar


Meu dia a dia amor é sempre igual
Penso em você em cada amanhecer
Como eu queria que fosse tudo real
E que fosse um só o nosso querer.


Mary Jose

LUZ DO TEU AMOR

Na tua luz,
O meu amor ascendeu
Não vejo o tempo passar. 


Nas noites estreladas 
Nas asas de um anjo
Espero você chegar.


A luz mágica fez-se versos
De repente surgiu o encanto
A luz se fez resplandecente
Festiva e cheia de esperanças
Me fazendo sonhar.               


Pétalas perfumadas e macias
São como as doces poesias
Acopladas em meus devaneios
A procura dos beijos teus.


Sou flor em busca do amor.
Ofereço-me a ti...
Meu beija-flor.
Vem depressa me beijar!


Mary Jose



LINDO AMANHECER

Meu coração palpita
De paixão por voce
Não acredita?
Sinto falta do seu amor
Todas as manhãs, tardes e noites.
Mal consigo dormir
Todas as horas, minutos, segundos
Em qualquer lugar
Há sempre algo
A lembrar você.


O amor, no amanhecer
Com seus toques de magia
Faz nossos dias ficarem mais belos
Nossa vida com mais harmonia
Nosso jardim com mais flores
E tudo se transforma em poesia.
Vamos comemorar somente o amor
Porque ele é capaz de curar.


Mary Jose

NOITE DE CHUVA

Gostoso é ver a chuva cair
Olhar pela janela e pensar em ti.
Se você fosse a chuva 
e eu a terra, você estaria aqui.
Nossos corpos estariam bem molhados,
entrelaçados, nos tornando um.


Como você não é a chuva, 
nem eu a terra,
queria ouvir um pouco da sua voz
para ficar mais feliz 
ao menos um instante,
sentindo-me sua amada amante.


A noite escura penetra em meu quarto
Queria tanto que você estivesse aqui.
Fecho os olhos e posso ver
O teu corpo junto ao meu colado
Tua voz macia falando ao meu ouvido
E eu chamando-te de "meu querido". 


Mary Jose









SENSIBILIDADE


Ninguém é igual a outrem. Todos somos diferentes. Ser indivíduo é ser único. Cada pessoa traz consigo um jeito específico de ser, de interagir com os outros, de interpretar a realidade e de sentir o mundo ao seu redor. Somos muitos, mas não somos iguais. A singularidade é nossa marca maior.

Temos diferentes níveis de sensibilidade. Por isso mesmo, nem sempre somos bem compreendidos pelos que nos cercam. Nossa intimidade é misteriosa. Temos reações próprias, e diante de vários fatos da vida temos respostas diferentes. Do gosto ao desgosto, da alegria ao pranto, da certeza à dúvida, da fé à incredulidade, do amor à indiferença, expomos nossas radicais diferenças e anelamos por sincera compreensão

Só é possível conhecer alguém em profundidade, procurando ouvir a voz do seu coração. O coração é o porta-voz da nossa alma, mas é também a moldura da nossa identidade. Nosso verdadeiro rosto nunca se expõe totalmente, vai se revelando aos poucos, através dos contornos da nossa sensibilidade. Somos diferentes porque sentimos de maneira e intensidade diferentes.

Nossos sentimentos, nossas emoções e nossas reações dizem tudo acerca de nós.
Quando a alma se revela, pede pra ser compreendida. É preciso, portanto, saber ouvir a linguagem da alma.
Sensibilidade é a virtude silenciosa de captar os sons do coração. Sensibilidade é saber sentir a dor do outro e sorrir com a sua Felicidade.

Mary Jose

ONTEM

Deixei que o silêncio deitar-se em meu colo
enquanto você não chegava para descansar
trazendo seus sonhos de amor e desejos
molhados com beijos para o solo irrigar.


Você muito distante, demorou a chegar.
Enquanto esperava você, 
liberei meus pensamentos: 
Contemplar o sol poente, 
ouvir o Bolero de Ravel 
me harmonizar com seus sons
de tal forma que a música,
num som crescente
povoasse de cores e estrelas nossos olhos.
Em ardente paixão,
deixando marcas no pescoço,
acariciar seus cabelos e seus lábios beijar,
até que nossos corpos cansados e suados
numa pausa momentânea
aguardam o inicio do novo ato
o som do violino tocando Ave-Maria.
A emoção foi aumentando 
e a inspiração chegando
nos braços da poesia!


Mary Jose

















PALCO DO AMOR

Vejo luzes sobre o palco do passado  
Aplausos espalhados pelos cantos 
Imagem de um poeta apaixonado
Choro ouvindo a platéia vibrando.


De pé todos gritam pedindo bis
Levemente uma menina acena e sai
Querendo um amor para ser feliz 
Luzes se apagam, o público se vai.


Amante dos sonhos e da paixão
O silêncio e a ilusão são sua sina
A tristeza e a dor lhe ferem o coração 
Ao roubarem seus sonhos de menina.


Por que Poeta te quero tanto? 
Não fiques assim tão ausente
A saudade vem ao meu encontro
E o desejo de querer-te sempre.


Mary Jose

HORA SILENCIOSA

Hora calada... Silenciosa
Pensamentos por mares afora
Em busca de um ser pensante
Poeta e amante.


Amante de uma flor
Amante do mar e do amor
Amante da poesia e da alegria
Amante do desejo de todo dia.


Uma música com emoção
Uma rede na varanda a balançar
O pulsar forte do coração
Desejando te encontrar.


Assim são as horas caladas
Tantas vezes abraçadas
Tantas vezes adormecidas
Tantas vezes repetidas!


Minha alma com muita ternura
Espera a tua com doçura
Pensamentos com olhos do espírito
Fita teus olhos no infinito.


Mary Jose

MINHA COMPANHIA

MINHA COMPANHIA


Hoje quem me faz companhia é a tua ausência 
Hoje quem me faz companhia é o teu silêncio
Hoje quem me faz companhia é o desejo
que invade meu corpo por falta dos teus carinhos 
que aprendi a desejar intensamente.
Hoje quem me faz companhia é o tempo 
que me faz esperar o momento tão sonhado
de te encontrar.
Hoje quem me faz companhia
é a vontade de te tocar, te beijar, te amar.
Hoje quem me faz companhia é o relógio e o giro
dos meus olhos nos ponteiros que me cercam na 
esperança que tenho, de poder amanhecer
olhando os teus olhos e desejando a tua boca.
Hoje quem me faz companhia é o teu amor.
Se dentro de você existir um pouco de mim, 
dentro de mim existe muito de você.
Hoje quem me faz companhia é a poesia 
que no meu coração se faz presente
esperando você voltar.


Mary Jose



AMOR MEU

AMOR MEU


Se eu pudesse amor meu
Te encontraria em outra hora
Bem antes do raiar da aurora
Buscava o caminho certeiro
Que me levasse ao teu
Não lembrava teu nome
Para chamar-te de "meu".
Se eu pudesse...
Mudaria os minutos
Num longo tempo
Para que não fosses embora.
Ah! Como eu queria
Ser uma chuva fininha
Para te saborear
E orvalhar teu coração.
Queria...Amor meu
Em ti adormecer...
Em ti amanhecer...
Ver a vida acontecer...
Te amar com prazer
Sentindo muita emoção.


Mary Jose













A CHUVA

A CHUVA


A chuva cai fina,
E se vai pelo além
Meu coração saudoso
Pensa em alguém...


A chuva fria que cai, 
Tão fria como um gelo
Vem e se vai a me dizer
Que nunca vou te esquecer.


Oh! Chuva intrigante! 
Não seja tão cruel assim,
Fala pra mim neste instante, 
Se ele também pensa em mim.


Mary Jose

ALMA DE POETA

Alma de Poeta


Num rabisco, em folha de papel
Revela sua alma o poeta
Poetas são seres caídos do céu
Em versos traçando sua meta.


São anjos e são homens em emoções
Em algum lugar, sem horas e sem dias
Se eternizam pelas suas paixões
Chorando tristezas e cantando alegrias.


Rimas e poemas em fecundação
Prontos para emergir em poesias
É bastante sentirem a emoção 
Para abrir o mundo em fantasias.


Escreve ou simplesmente fica calado
Adormece depois de muito amar
Que este silêncio só seja quebrado
Quando um beijo suave lhe despertar.


Mary Jose

A ESTRELA E O BEM TE VI

A Estrela e o Bem Te Vi


Era madrugada... Vi pela janela,
Uma estrela que muito brilhava
Que estrela era aquela, 
Que tanto me encantava? 


O calor intenso e o brilho dela
Não me deixavam dormir
Eu seminua... Olhando pra ela
Pensava somente em ti.


O dia amanheceu...
A estrela desapareceu...


Em seguida, meu visitante diário,
Bem próximo, na árvore ao lado 
Entoava seu canto... Bem-Te-Vi...
Bem-te-vi... Bem-te-vi!


No movimento meu, bateu asas...
Foi embora. Fiquei sozinha outra vez...
Na minha nudez.


Mary Jose


Convite


Eu estou te convidando
Para uma viagem a dois
Pelo mundo encantado do amor
Onde visitaremos a terra dos sonhos
O vale das carícias
O rio dos romances
A montanha do prazer.
Vem sem medo
Eu estarei contigo
Dando o meu apoio
Todo o meu amor
Vem, com todo o desejo
Com todo o teu calor
E toda tua paixão.
Vem, o meu ser te espera
E pede ao amor que eternize
A nossa união.
Vem, faz um par comigo
Dou-te meu coração.


Mary Jose