Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

domingo, 18 de março de 2012

UMA NOITE SEM AMOR

Noite fria sem sua presença
Lembranças... Rolo-me na cama
Um belo jovem, minha sentença
Meu corpo ardente por ele reclama


Um momento ainda marcante
E aquele cheiro que me alucina
Do seu corpo de homem amante
No meu corpo de mulher menina


Deslizo-me sozinha sobre o lençol
Testemunha dos nossos desejos
Movimento-me como um girassol
Buscando seus deliciosos beijos


Quero amar-te, ser tua amante
Vem por inteiro para sua amada
Viver uma noite deslumbrante
Sinto que por ti sou desejada.


M@ José

Nenhum comentário: