Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

domingo, 18 de março de 2012

ÉBRIA DE AMOR

Em plena noite, faço-te poesia.
Ébria de amor em meu recanto
Mergulhada na minha fantasia
Teus olhos cor ciano um encanto


O vinho embaça minha alegria
Meus olhos viram oceanos
Esmaga-me o sonho de um novo dia
Ao rever o peso dos meus anos


Adormeço, a mão derrama o vinho.
A taça espatifa-se no chão
Desperto, não tenho teu carinho.
Ouço aquela nossa canção


Os quilômetros de distância
Meu pensamento vagueia
Dúvidas, inquietações, ânsia
Em uma noite de lua cheia.


M@ José
15/02/2012

Nenhum comentário: