Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

domingo, 18 de março de 2012

DIA "D"

Inesquecível Poeta Carlos Drummond de Andrade


Onde você estiver... receba meus parabéns pelos 109 anos que completa (completaria) hoje.
Entre as inúmeras poesias suas, escolhi essas duas para lhe homenagear.


Inconfesso Desejo (Carlos Drummond de Andrade)


Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo
Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação
Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo


As Sem-razões do Amor (Carlos Drummond de Andrade)


Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.
Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.
Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.
Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Nenhum comentário: