Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

domingo, 18 de março de 2012

AMOR...


Não me tire o sossego nem o sono
Não me faça chorar nem sofrer
Não me deixe pensar no abandono
Preciso de carinho para adormecer  

Você é a brisa que encontro no mar
Eu sou o vento a lhe procurar
Você é o sol no amanhecer a brilhar
Eu sou a lua e fico a te esperar

A saudade me sufoca a todo instante
Desperta a lembrança de quando vejo
O teu corpo de menino e doce amante
Se entregando as delícias do desejo.

M@ José
14/03/2012




Nenhum comentário: