Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sábado, 28 de maio de 2011

O AMOR

AMOR - que palavra! É um vocábulo curto com apenas quatro letras, mas repleto de todos os sentimentos que se possam imaginar. Os gregos possuem várias palavras para descrever o conceito multifacetado do amor. Eles distinguem o amor tipo "ágape" do amor "philia" . Ágape descreve o amor divino, enquanto philia descreve o afeto entre irmãos e compartilhado entre os seres humanos. Para descrever o amor íntimo entre o homem e sua mulher, eles empregam a palavra "eros" - da qual obtivemos "erótico".
AMOR...que sentimento dificil de ser descrito com exatidão. Ainda que tentássemos usar muitas palavras para descreve-lo, não conseguiríamos.
O amor é para a vida o que o perfume é para a rosa. É o tempero da vida, embelezando-a como as nuvens embelezam o céu. Muitas mulheres provaram o néctar do romance. Muitos homens se entregaram à influência da lembrança de um momento especial compartilhado com aquele alguém especial. Até os idosos rejuvenescem aquecidos pelas demonstrações de afeto e carinho.
O amor é realmente o elixir mágico da alma. É um denominador comum, algo que todos necessitamos sem considerar nossas diversas perspectivas ou as vicissitudes da vida. Quer o amor seja comunicado mediante um toque suave ou um olhar úmido, é da mensagem que necessitamos.O método é imaterial em comparação com a magnitude da mensagem si.
Não ha medicamento que possa comparar-se com os sentimentos intensos, apaixonados, que ardem quando o coração está amando. É o amor que faz os sentidos se aguçarem. É o amor que leva o coração a bombear mel para a alma e que tranquiliza a mente. O sabor suave do favo satisfaz os anseios da alma. Sem amor, a vida perde o gosto, e o sucesso é vazio.

Extraido do Livro  - A Dama, Seu Amado e Seu Senhor.

M@ José

Nenhum comentário: