Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sábado, 28 de maio de 2011

MÃE É SEMPRE MÃE

Mãe que chora, que ama,
O filho que está longe, chama
Mãe que grita, que xinga
Mãe que briga, que ensina

Mãe querida, mãe esquecida
Pelas ruas perdida, mãe solidão
Mãe que traz no coração
A ingratidão de ser mãe da vida

Mãe sonhadora, feliz e vencedora
Mãe batalhadora, infeliz e sofredora
Mãe que ama sem ser amada
Mãe pelos filhos desprezada 

Mãe é mãe sempre
A única que sente a dor
Que morre ao lado da gente
Se preciso for.   
M@ José
08052011

Nenhum comentário: