Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sábado, 30 de junho de 2012

SENSIBILIDADE


Ninguém é igual a outrem. Todos somos diferentes. Ser indivíduo é ser único. Cada pessoa traz consigo um jeito específico de ser, de interagir com os outros, de interpretar a realidade e de sentir o mundo ao seu redor. Somos muitos, mas não somos iguais. A singularidade é nossa marca maior.

Temos diferentes níveis de sensibilidade. Por isso mesmo, nem sempre somos bem compreendidos pelos que nos cercam. Nossa intimidade é misteriosa. Temos reações próprias, e diante de vários fatos da vida temos respostas diferentes. Do gosto ao desgosto, da alegria ao pranto, da certeza à dúvida, da fé à incredulidade, do amor à indiferença, expomos nossas radicais diferenças e anelamos por sincera compreensão

Só é possível conhecer alguém em profundidade, procurando ouvir a voz do seu coração. O coração é o porta-voz da nossa alma, mas é também a moldura da nossa identidade. Nosso verdadeiro rosto nunca se expõe totalmente, vai se revelando aos poucos, através dos contornos da nossa sensibilidade. Somos diferentes porque sentimos de maneira e intensidade diferentes.

Nossos sentimentos, nossas emoções e nossas reações dizem tudo acerca de nós.
Quando a alma se revela, pede pra ser compreendida. É preciso, portanto, saber ouvir a linguagem da alma.
Sensibilidade é a virtude silenciosa de captar os sons do coração. Sensibilidade é saber sentir a dor do outro e sorrir com a sua Felicidade.

Mary Jose

Nenhum comentário: