Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sábado, 30 de junho de 2012

ONTEM

Deixei que o silêncio deitar-se em meu colo
enquanto você não chegava para descansar
trazendo seus sonhos de amor e desejos
molhados com beijos para o solo irrigar.


Você muito distante, demorou a chegar.
Enquanto esperava você, 
liberei meus pensamentos: 
Contemplar o sol poente, 
ouvir o Bolero de Ravel 
me harmonizar com seus sons
de tal forma que a música,
num som crescente
povoasse de cores e estrelas nossos olhos.
Em ardente paixão,
deixando marcas no pescoço,
acariciar seus cabelos e seus lábios beijar,
até que nossos corpos cansados e suados
numa pausa momentânea
aguardam o inicio do novo ato
o som do violino tocando Ave-Maria.
A emoção foi aumentando 
e a inspiração chegando
nos braços da poesia!


Mary Jose

















Nenhum comentário: