Ultimamente tenho observado, que cada dia em minha vida, tem se mostrado de forma realmente surpree

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

RAIOS DE SOL




Acordei com o som das ondas do mar
Na varanda, raios de sol a me aquecer
Na minha pele sempre o desejo de amar
Meus pensamentos comecei a escrever

Sou a todo momento, folha ao vento
Numa tarde cinza e fria de um outono
Penso no tempo que não é meu tempo
Vivo o presente hoje ele é meu dono

Senão folha, um conto, uma poesia
Delícias do meu mundo encantador
Serei páginas de um livro algum dia
Minha linguagem em versos de amor

Tudo que existe na minha memória
Versejar é o que mais me agrada
Almejo concluir a minha história
Amando e sendo muito amada.

M@ José

Nenhum comentário: